AGROPECUÁRIA CONCURSOS COTIDIANO CULTURA ECONOMIA EDUCAÇÃO ESPORTE EVENTOS JUSTIÇA MEIO AMBIENTE POLÍCIA POLÍTICA REGIÃO SAÚDE SOCIEDADE
 
23/05/2019
POLÍCIA
Polícia prende suspeitos de latrocínio em Caiapônia

#
 
 

COMPARTILHAR  

As forças policiais cumpriram nesta quinta-feira (23), mandados de prisão temporária em desfavor de Vinicius de Jesus, 22 anos, e Caio Nascimento, 23 anos, ambos suspeitos de praticarem um assalto a mão armada. O crime aconteceu na semana passada, e tirou a vida de Daniel da Silva Bueno.

A prisão dos elementos aconteceu na cidade de Barra do Garças/MT, após um trabalho de investigação das Policias Civil e Militar, e que contou com a participação da Polícia Civil de Mato Grosso.

ENTENDA O CASO

O assalto aconteceu em Caiapônia, quando dois elementos armados invadiram a residência de uma família. As câmeras de segurança gravaram a ação dos marginais, é possível visualizar quatro adultos, uma criança e um bebê no colo de uma mulher que foram rendidos e feitos de reféns. Um dos marginais estava encapuzado e o outo sem capuz.

Com movimentos agressivos os elementos apontavam insistentemente as armas para os reféns e faziam ameaças. Em determinado momento, na tentativa de proteger sua família, um refém joga uma cadeira em um dos assaltantes, que reage e efetua vários disparos de arma de fogo.

O proprietário da residência foi alvejado na perna, e Daniel da Silva Bueno, 31 anos, genro do proprietário, foi atingido na cabeça. Ambos foram encaminhados para o hospital, Daniel não resistiu ao ferimento e veio a óbito horas após o ocorrido, ele deixa esposa e duas filhas.

Após balear as vítimas, os elementos empreenderam fuga da residência.

 

 

 


Últimas Notícias
 
Acaba nesta sexta-feira o prazo para trabalhadores sacarem o PIS
 
Polícia prende terceiro suspeito de envolvimento com latrocínio em Caiapônia
 
Inscrições para o FECAPOC começam em 1º de julho

© 2018. Todos direitos reservados a Folha de Caiapônia. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.